Telecomunicações

Necessita de televisão, internet, telefone fixo, telemóvel, internet móvel e entretenimento, para si, para a sua família ou para o seu negócio?

Venha falar com quem sabe e não se deixe enganar pelas técnicas agressivas e muitas vezes impessoais de quem o que quer é vender e não se preocupa minimamente com o cliente.

Segundo o balanço da DECO, em 2016 o setor das telecomunicações volta a estar na linha da frente das reclamações, seguido da energia e água, compra e venda e serviços financeiros. “Há uma continuidade, um padrão, são sempre os mesmos setores”, diz Paulo Fonseca, jurista da DECO.

E os motivos continuam a ser os mesmos: os prazos de fidelização e de refidelização. Apesar da alteração à Lei das Comunicações, não houve melhorias, uma vez que as operadoras continuam a apresentar ofertas que “apenas prejudicam os consumidores”. “O que está na lei é uma coisa e a realidade é outra”, sublinha o responsável da DECO, acrescentando que, muitas vezes, as operadoras chegam a cobrar 400 euros por ofertas sem fidelização ou com prazos de fidelização mais curtos.

Venha saber mais sobre as tecnologias satélite, adsl e fibra e escolha a operadora que melhor se adapta à sua situação.

Connosco, tem um atendimento personalizado e toda a informação prestada será de confiança. Venha experimentar…